MBA Saneamento Ambiental conclui apresentações de TCCs da primeira turma do curso

Últimos trabalhos foram apresentados em duas etapas online, realizadas nos dias 08 e 13 de agosto.

Orgulho e dever cumprido. Esses foram alguns dos sentimentos dos alunos da primeira turma do MBA Saneamento Ambiental após as rodadas de apresentações dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs). Os últimss 39 trabalhos foram defendidos nos dias 08 e 13 de agosto, em duas sessões com bancas simultâneas. Ao todo, foram 55 projetos desenvolvidos com temas ligados às áreas de saneamento ambiental e recursos hídricos.

“Foi uma grande jornada em um ano difícil e desafiador. Então, os alunos devem celebrar este momento mais do que especial”, valorizou Rafael Castilho, coordenador administrativo do MBA Saneamento Ambiental.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo, os professores do MBA Saneamento Ambiental: Tathiana Chicarino, Elcires Pimenta, Luciana Barreira, Angela Rodrigues, Rafael Castilho e Marcos Moreira.

Devido ao cenário atual de pandemia, as defesas às bancas examinadoras foram realizadas de forma virtual e transmitidas ao vivo no site do curso. Cada aluno teve dez minutos para defender seu projeto e, após essa etapa, foram feitas as considerações dos avaliadores.

Os trabalhos englobaram assuntos como regulação, gestão de resíduos sólidos, esgotamento sanitário, abastecimento de água, bacias hidrográficas, entre outros. Os temas aprofundaram as discussões referentes aos desafios do saneamento e trouxeram um novo olhar da academia para o setor.

Em breve, os projetos ficaram disponíveis para consulta, a fim de possibilitar a difusão de ideias entre os interessados no segmento. “Estamos realizando um sumário executivo, organizando todos os trabalhos para que fiquem disponíveis para pesquisas de outras pessoas”, destacou Castilho.

O MBA Saneamento Ambiental é realizado pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), com Módulo Executivo Internacional pela London School of Economics and Political Science (LSE), uma das principais instituições de ensino do mundo, e Cooperação Institucional da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES).

Por Murillo Campos/Foco 21 Comunicação

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *