FESPSP participa de debate virtual sobre a qualificação dos profissionais do saneamento

Evento online discute os desafios dos profissionais pós-pandemia e as mudanças com o novo marco legal do saneamento.

Qualificação dos profissionais do setor de saneamento foi assunto do webinar realizado na última segunda-feira, 10 de agosto, pela ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental em parceria com a FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. O evento online reuniu acadêmicos do setor e discutiu os desafios dos profissionais pós-pandemia e as mudanças que virão com o novo marco legal do saneamento.

A transmissão teve a participação de Alceu Galvão, professor do MBA Saneamento Ambiental; Elcires Pimenta, coordenador técnico do MBA Saneamento Ambiental; Rafael Castilho, coordenador administrativo do MBA; e Clarice Arnt, coordenadora da Uniabes. A moderação do debate foi feita por Witan Silva, coordenador nacional do programa Jovens Profissionais do Saneamento da ABES.

O professor Alceu Galvão citou as modificações previstas no novo marco regulatório e considerou fundamental para o alcance das metas de universalização obter uma gestão técnica e eficiente, com apoio em pesquisas e maior especialização por parte dos integrantes do setor.

“Essas oportunidades que estão sendo colocadas pela Uniabes e a FESPSP são possiblidades extremamente impactantes e relevantes para que possamos formar mão de obra crítica no enfrentamento destes enormes desafios”, considerou. “Tem que ‘chacoalhar’ o setor no sentido de ter uma melhor capacidade de gestão.”

Elcires Pimenta ressaltou o aumento de procura por cursos de Educação a Distância (EAD) durante a pandemia e elogiou a diversidade de temas apresentados na formação da 1ª turma do MBA Saneamento Ambiental, possibilitando ampliar as discussões acerca dos desafios do segmento.

“Procuramos trazer uma visão ampla e discutir as interações que o saneamento precisa ter com outras áreas”, sublinhou.

Segundo ele, esse é o momento de o profissional ir atrás de novas competências para se adaptar às exigências do mercado: “Vivemos um momento de transformações, de temas novos e o profissional tem de rapidamente “abrir a cabeça”, disse o coordenador técnico do MBA.

A pandemia e o novo marco do saneamento trouxeram a necessidade de capacitação em prol de uma atuação transversal no segmento.

“Queremos preparar profissionais com uma visão crítica e estratégica do saneamento, que consiga enxergar as diferentes vertentes do setor e sua inter-relação com a estratégia nacional de desenvolvimento”, completou Rafael Castilho.

Acesse aqui e assista ao evento online completo.

Quer ampliar suas competências no saneamento? Então, inscreva-se para a 3ª turma do MBA Saneamento, promovido pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Aprenda mais sobre os principais temas que compõem o saneamento ambiental e recursos hídricos no Brasil. Acesse oportunidade.mbasaneamento.com/, confira mais detalhes e faça sua matrícula.

Por Murillo Campos/Foco 21 Comunicação

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *